Preso suspeito de decapitar morador de rua em Sorocaba

A Polícia Civil de Sorocaba suspeita de que o desempregado Sebastião Moreira da Silva, preso ontem, acusado de ter matado e queimado um catador de papelão, também é autor da morte do morador de rua José Aparecido de Oliveira, o Zezinho, de 61 anos, que teve a cabeça cortada e separada do corpo no último sábado.Silva não confessou o crime, mas testemunhas disseram tê-lo visto afiando uma faca nas proximidades do local onde Zezinho foi morto, no Jardim Novo Horizonte, periferia da cidade. Ele teria comentado detalhes ainda não divulgados sobre a morte do morador de rua. Silva também habitou, por alguns dias, a casa abandonada onde ocorreu o crime.O delegado André Moron Machado, titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), disse que a única certeza, por enquanto, é a participação de Silva na morte do catador de papelão Jerry Guimarães dos Santos, no dia 5 de agosto. Jerry teve o corpo queimado.O acusado teve a prisão temporária decretada pela Justiça. O delegado esperava que a cabeça da vítima fosse encontrada para ter mais evidências da participação do suspeito no segundo assassinato. Policiais estavam vasculhando, no fim da tarde, uma área onde possivelmente a cabeça foi jogada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.