Preso suspeito de estuprar 17 mulheres em Guarulhos (SP)

Fernando Bispo da Silva, 34 anos, suspeito de estuprar pelo menos 17 mulheres, entre elas várias funcionárias do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, teve a prisão temporária decretada à 1h desta quinta-feira, por um juiz do Departamento de Inquéritos Policiais e Polícia Judiciária de São Paulo.Fernando foi detido às 20h30 de quarta-feira no quilômetro 217 da Via Dutra, no sentido São Paulo, no Parque Cecap, por policiais que investigavam os estupros ocorridos na região. Com ele, foram apreendidas uma touca e uma faca numa bainha de papelão. Levado para o 7º Distrito Policial, onde foi reconhecido por duas mulheres, que não seriam funcionárias do aeroporto. O número de vítimas pode chegar a 17. A polícia suspeita que ele seja responsável por vários estupros que vêm ocorrendo no Parque Cecap e nas imediações do Aeroporto Internacional de São Paulo, há cerca de um ano e meio. Boa parte das vítimas é formada por funcionárias de Cumbica que voltavam para casa.Ele era conhecido como "estuprador da Toddy", por agir nas imediações da empresa. O maníaco abordava as vítimas com uma faca e às vezes utilizava uma touca para esconder o rosto. A prisão é válida por 10 dias, prorrogáveis. Fernando deve ser encaminhado pela manhã à carceragem da Delegacia de Defesa da Mulher de Guarulhos. Os investigadores do 7º Distrito Policial pretendem entrar em contato com a Delegacia Especializada de Atendimento ao Turista no aeroporto e com a Delegacia da Mulher, para levantar dados de outras possíveis vítimas de Fernando. Ele já tinha passagem por falsificação de documentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.