Preso suspeito de estuprar menina de 14 anos no Leblon

Identificado pela vítima, homem foi encontrado caminhando pela praia, perto do local onde ocorreu o crime

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

10 Maio 2013 | 23h52

RIO - O desempregado Marcio Batista de Lima, de 31 anos, foi detido anteontem à noite no Leblon, na zona sul do Rio, acusado de ter estuprado uma menina de 14 anos na praia, no último dia 17. Ele foi identificado pela vítima a partir de fotos reunidas em um catálogo que elenca pessoas com antecedentes criminais mantido pela Polícia Civil. Feita a identificação, a polícia passou a procurá-lo, e o encontrou caminhando pela praia do Leblon, perto do local onde ocorreu o crime.

Ele foi reconhecido pela vítima do estupro e por outras três mulheres que o acusam de tê-las assaltado no mesmo dia do abuso sexual. Marcio nega os crimes. Ele mora na favela da Rocinha, em São Conrado, bairro vizinho àquele onde ocorreu o estupro. “Podem me fotografar, eu não devo nada a ninguém”, afirmou, na delegacia, enquanto era abordado por repórteres fotográficos.

Segundo os policiais, Marcio contou estar desempregado e ter uma filha de 9 meses. A polícia solicitou um exame de sangue do rapaz, e tentará comparar com o sangue deixado na canga sobre a qual a menina foi estuprada.

O estupro aconteceu no fim da tarde do dia 17, quando a adolescente seguia para casa, no morro do Vidigal, entre o Leblon e São Conrado, com uma amiga. Enquanto estuprava a vítima, armado com uma faca, o criminoso ameaçava a amiga para que não procurasse ajuda.

Mais conteúdo sobre:
Estupro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.