Preso suspeito de matar atleta do Flamengo

Francisco Itamar Nonato Pedrosa, de 41 anos, foi entregue à polícia na noite de anteontem por moradores do Parque da Cidade, na Gávea, após ter sido reconhecido por uma mulher de 52 anos como sendo o homem que a estuprou, em janeiro. Ao avistá-lo, ela passou mal e avisou conhecidos. Comunicada, a polícia o deteve e agora investiga se também está envolvido no assassinato da remadora do Flamengo Priscila da Silva Souza, de 26 anos, violentada e morta na semana retrasada. A atleta foi vista pela última vez no sábado, dia 13, quando participou de um treino. Já foi decretada a prisão temporária de Pedrosa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.