Preso suspeito de matar carcereiro durante ataques do PCC

A Polícia Civil de São Paulo prendeu, na tarde desta quarta-feira, 31, um dos dois acusados pelo assassinato do carcereiro Elias Pereira Dantas, ocorrido no dia 14 de maio de 2006, durante a primeira onda de ataques da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), Michael do Rosário, conhecido como Zana ou Humilde, já tinha prisão preventiva decretada pela morte de Dantas e foi detido nesta quarta em São Paulo. O carcereiro foi executado a tiros na Rua Antenas, na Vila Califórnia, região da Vila Prudente, zona leste de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.