Preso suspeito de matar esposa e dois filhos em MG

Família foi encontrada dentro de casa com cortes no pescoço; no local polícia achou machado

Solange Spigliatti, Central de Notícias

28 de dezembro de 2009 | 10h45

Rogério da Rocha Galo, de 58 anos, foi preso após a suspeita de matar a família a machadadas, em Juiz de Fora, Minas Gerais, segundo informações da Polícia Militar (PM). Por volta das 19 horas, uma testemunha viu o homem no terraço da casa, no bairro de Santo Antônio do Paraibuna, tentando se matar.

 

Quando a testemunha entrou na casa, encontrou a mulher de Rogério, Sirene, de 49 anos, deitada na cama com corte na altura do pescoço. Em outro quarto estava o filho Alexandre, de 15 anos, caído no chão ao lado da cama. A filha Alexandra, de 25 anos, foi encontrada deitada na cama em outro quarto, também com corte no pescoço.

Segundo a Polícia Militar, na casa foram encontrados uma machadinha com resíduos de sangue e no terraço foi encontrado uma faca de 30 centímetros de lâmina, também ensanguentada. Uma caderneta telefônica onde o autor escreveu com detalhes todo o ocorrido também foi apreendida.

Rogério foi preso e levado para o pronto-socorro da cidade e não corre risco de morte. Nesta segunda ele permanecia internado no setor psiquiátrico sob escolta policial, segundo a PM.

Tudo o que sabemos sobre:
suspeitarmatarfamíliarMG

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.