EFE/ Paul Braven
EFE/ Paul Braven

Suspeito de matar brasileira na Austrália é preso no Rio

Mário Marcelo Ferreira dos Santos estava foragido e é acusado de matar a ex-namorada Cecília Hadadd

Denise Luna, O Estado de S.Paulo

07 Julho 2018 | 17h38

RIO-  O engenheiro suspeito de matar por estrangulamento a ex-namorada brasileira na Austrália foi preso neste sábado, 7, na zona sul no Rio, após amplo trabalho investigativo, informou a assessoria da Polícia Civil. Mário Marcelo Ferreira dos Santos, 40,  estava foragido e é acusado de ter matado a brasileira Cecília Hadadd, 38, na Austrália, em maio deste ano.

+ Corpo de executiva brasileira é encontrado em rio em Sydney, na Austrália

O mandato de prisão preventiva foi expedito pela 2ª Vara Criminal da Capital/TJRJ na última quarta-feira, 4. Após investigações, a polícia chegou ao engenheiro, na residência de familiares, no bairro de Botafogo. A prisão foi realizada por policiais civis da 18ª Delegacia de Polícia.

O corpo de Cecília foi encontrado no rio Lane Cover, em Sydney, com morte estimada entre os idas 28 e 29 de maio. Segundo a polícia, a investigação concluiu que Cecília foi morta por asfixia mecânica por constrição de pescoço e que o responsável pelo crime seria o ex-companheiro da vítima. Cecília morava na Austrália desde 2007.

Mais conteúdo sobre:
Austrália [Oceânia]homicídio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.