Preso suspeito de resgatar detentos em Marília

O traficante Alexandre Aparecido Fernandes, de 25 anos, que foi preso ontem, será transferido para Marília. O traficante, apelidado de Zildo, tinha mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça de Marília por ter sido identificado como um dos mandantes da operação de resgate de presos em Marília, em outubro de 2000, quando um policial foi morto. A polícia também já havia encontrado documentos que ligavam o traficante ao Primeiro Comando da Capital (PCC), a facção criminosa que comanda os presídios. Em depoimento, ele negou a participação no resgate e a ligação ao PCC. Zildo já cumpriu quatro anos de pena por tráfico e estava em liberdade desde o ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.