Preso suspeito de ter matado fiscais da SPTrans

A polícia prendeu hoje em Iguape, município localizado na Vale do Ribeira, no litoral sul, o principal suspeito de ter participado da morte dos três fiscais da São Paulo Transporte (SPTrans) que ocorreu no dia 23 de fevereiro, na zona oeste da capital paulista. Paulo Sérgio da Silva, de 33 anos, foi preso numa pensão. No dia do crime ele estava com os fiscais após a apreensão de um lotação clandestina. Ele foi levado para a Delegacia de Homicídios Múltiplos do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde vai prestar depoimento nesta tarde.A Justiça decretou mandado de prisão temporária do suspeito, que tem a duração de 30 dias. Os fiscais José Tenório, de 45 anos, Eduardo Dougrini, de 27, e Donizete de Lima, de 43, foram encontrados mortos na região da Lapa, na zona oeste, cerca de uma hora depois de apreender uma van Ducato, em Santo Amaro, zona sul. Por causa do crime, a SPTrans reivindicou acompanhamento da Polícia Militar e da Guarda Metropolitana durante as blitze de fiscalização de transporte clandestino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.