Preso suspeito pela morte de jovem em moradia da Unicamp

A Polícia Civil de Campinas, interior de São Paulo, prendeu no início da noite de ontem o técnico em enfermagem Bruno Rangel, de 21 anos, acusado de ser o autor dos disparos que mataram Bruno Carvalho de Souza, de 22 anos, na noite do último sábado em frente à moradia estudantil da Unicamp, no distrito de Barão Geraldo, em Campinas. O acusado foi preso no Centro da cidade, na casa de parentes, onde se refugiou desde a noite do crime.De acordo com os policiais, ele confessou o homicídio e alegou que matou após uma discussão por motivos pessoais. Segundo a delegada do 7º Distrito Policial, Cássia Jaquelina, durante o depoimento, o técnico em enfermagem disse que brigou com o amigo por causa de 30 gramas de maconha. A polícia ainda não encontrou a arma do crime. As informações são da EPTV.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.