Preso suspeito que planejava roubar casa de empresário do Luan Santana

Criminoso preso no Paraná é responsável por vários assaltos no interior paulista

José Maria Tomazela, Agência Estado

24 Abril 2012 | 16h12

SOROCABA - Policiais civis da região de Sorocaba, no interior de São Paulo, e de Porecatu, no Paraná, desarticularam uma quadrilha que planejava assaltar a casa do empresário do cantor Luan Santana, na cidade paranaense.

Os criminosos são responsáveis por vários assaltos no interior paulista, segundo a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Sorocaba. O líder do grupo, Éverton Dias de Andrade, de 24 anos, foi apresentado nesta terça-feira, 24, na delegacia, depois de ter sido preso numa operação conjunta em Porecatu. Ele estava com a prisão preventiva decretada desde março, quando participou de um assalto em Pilar do Sul, no sudoeste paulista, no qual uma das vítimas foi baleada.

Após o assalto, o suspeito refugiou-se na casa de parentes de sua mulher na cidade paranaense. Ao tomar conhecimento de que o empresário do cantor construía uma mansão na localidade, ele empregou-se como aplicador de gesso na obra. Policiais apreenderam cópias da planta e desenhos da casa em poder do suspeito. Também foram interceptadas ligações para outros integrantes da quadrilha. O assalto seria praticado em maio. De acordo com as gravações, o grupo pretendia agir quando o cantor e sua equipe estivessem na mansão.

Outros três integrantes da quadrilha já foram identificados e residem em Sorocaba. Todos têm passagens por furto e roubo. Eles tiveram mandados de prisão expedidos e estão sendo procurados.

Mais conteúdo sobre:
Luan Santana empresário

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.