Preso traficante acusado de liderar ataque à polícia

O chefe do tráfico de drogas das favelas Guaporé e Quitungo, na Vila da Penha, João Ricardo de Sá Rodrigues, o Japa, foi apresentado pela Polícia Civil do Rio. Ele é acusado de ter comandado um comboio de criminosos que atacou policiais na Zona Norte, em março deste ano. Em quatro carros, o "bonde" atacou uma viatura da Polícia Militar, um posto da PM - matando um sargento - e a 27ª Delegacia da Polícia (Vicente de Carvalho). O grupo metralhou a fachada da delegacia, e lançou uma granada contra o prédio. O ataque teria sido uma reação à intervenção do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PM, que impedira, dias antes, um confronto entre bandos rivais em disputa por pontos de venda de entorpecentes.Japa foi preso por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas em um apartamento em Bonsucesso (Zona Norte), no sábado. De acordo com o titular da delegacia, Allan Turnowski, ele estava lá para prestar contas ao traficante Paulo César Santos Silva, o Linho, que comanda a venda de drogas na área.A Justiça do Estado do Rio havia expedido dois mandados de prisão contra o criminoso, e a equipe da DRFC o investigava por suposta participação em roubos de cargas. Japa estava foragido há mais de dois anos, quando escapou do presídio semiaberto Plácido Sá Carvalho, no complexo penitenciário de Bangu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.