Preso trio suspeito de seqüestro na Grande SP

Agentes da Divisão Anti-seqüestro (DAS) detiveram, às 18h desta segunda-feira, próximo ao Shopping West Plaza, na Água Branca, zona Oeste da capital paulista, três homens; dois deles acusados de pelo menos um seqüestro na cidade de São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.Os agentes faziam diligência na área próxima ao shopping quando desconfiaram de quatro ocupantes de um Ford Fiesta branco. Quando os policiais deram início à perseguição, uma mulher que ocupava o Fiesta conseguiu fugir. Foram detidos José Vandeildo de Oliveira, de 34 anos, que já era procurado pela polícia, Alex Sandro Lima da Trindade, 20, e Alisson Ferreira Bastos, 19,fugitivo da Febem em 2000.Após descobrir o envolvimento de Vandeildo em seqüestros na cidade de São Bernardo, o delegadoJoão Batista Filogônio, do 23º Distrito Policial, de Perdizes, acionou colegas da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de São Bernardo, que encaminharam até Perdizes três vítimas de um seqüestro ocorrido naquele municípioem outubro do ano passado. As três reconheceram Vandeíldo - que portava documentos falsos - e Alisson, como autores do seqüestro; e também alguns objetos pessoais que estavam em posse dos bandidos.Dentro de uma mala encontrada no interior do Fiesta foram apreendidas ferramentas usadas para abrir veículos. Um revólver calibre 38mm também foi encontrado dentro do Fiesta. "Pelo que apuramos e pelos recentes casos de seqüestros-relâmpago ocorridos aqui na nossa região, acreditamos que os três detidos estejam envolvidosnestes crimes e em outros crimes, como roubos e furtos de carro", disse o delegado de Perdizes. Valdeíldo, Alex Sandro e Alisson foram indiciados por formação de quadrilha, receptação, porte ilegal de arma e uso de documento falso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.