Preso vai à delegacia no RS para registrar roubo de celular

Detento informou à delegada que estava sendo coagido por dois colegas de cela e que seu aparelho de telefone havia sido tomado

Lucas Azevedo , Especial para O Estado

11 de novembro de 2014 | 22h00

PORTO ALEGRE - Reclamando de ameaças e do roubo de seu celular, um preso do regime fechado procurou a delegacia de polícia para registrar ocorrência. O episódio ocorreu na última sexta-feira, 7, na cidade de Júlio de Castilhos, na região central do Rio Grande do Sul.   

O fato chamou a atenção das autoridades. O detento, que não teve a identidade revelada, cumpre pena no Presídio Estadual de Julio de Castilhos. Ele foi conduzido até a delegacia local por agentes para que pudesse fazer o registro.   

À delegada Alessandra Padula, que instaurou um inquérito para apurar as ameaças, ele informou que estava sendo coagido por dois colegas de cela que o teriam roubado. Entre os pertencem que foram tomados, estaria seu aparelho de telefone celular, o qual ele usava frequentemente dentro da casa prisional.   

Um processo administrativo foi aberto para apurar o uso do telefone. A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) realizou uma revista na cela, mas nada encontrou.   

Tudo o que sabemos sobre:
Rio Grande do SulJulio de Castilhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.