Presos 28 membros de quadrilhas suspeitas de 58 mortes em PE

Pessoas podem estar envolvidas em homicídios, tráfico de drogas e armas; entre os presos estão dois policiais militares e um guarda municipal

Fabiana Marchezi, do estadão.com.br

20 de maio de 2010 | 15h34

SÃO PAULO - Vinte e oito pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira, 20, por suspeita de integrarem quadrilhas especializadas em homicídios, tráfico de drogas e armas na Grande Recife.

 

De acordo com a polícia, entre os presos estão dois policiais militares e um guarda municipal. As quadrilhas agiam principalmente na região de Jaboatão dos Guararapes e teriam matado 58 pessoas nos últimos três anos.

 

A Operação Guararapes 2 contou com 325 policiais e resultou ainda na apreensão de pelo menos cinco pistolas e revólveres. Três homens com prisão decretada pela Justiça estão sendo procurados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.