Presos 30 policiais suspeitos de contrabando e corrupção no PR

Policiais federais estão na região com 50 mandados de prisão de policiais, suspeitos de facilitar contrabando

Solange Spigliatti, de O Estado de S. Paulo,

04 de março de 2008 | 14h55

Mais de 30 policiais militares foram presos nesta terça-feira, 4, suspeitos de contrabando e corrupção, de acordo com informações do Jornal Hoje, da TV Globo. Veja também:Juiz federal sofre atentado a tiros no Paraná Policiais federais estão em várias cidades da região de Maringá para cumprir mais de 50 mandados de prisão, 38 contra policiais civis e militares. Eles são suspeitos de facilitar a entrada no Brasil de produtos contrabandeados do Paraguai. Na semana passada, um juiz que investigava a quadrilha sofreu um atentado. Seu carro foi atingido por cinco tiros, mas o juiz não se feriu. Os disparos, que atingiram o capô e o vidro do motorista, foram dados por uma pessoa que estava na garupa de uma motocicleta, segundo relatos. 

Tudo o que sabemos sobre:
contrabandoParanáParaguaiMaringá

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.