Presos acusados de roubar carro usado por Genoino

A polícia prendeu nesta sexta-feira dois acusados de roubar o carro usado pelo presidente nacional do PT, José Genoino, e de levar como reféns sua assessora, Daniela Farah Antunes, de 31 anos, e o motorista Edson Tadeu Zacharias, de 35. O crime ocorreu no dia 2 de junho quando os dois estavam no carro blindado do PT em frente da casa de Genoino, em São Paulo. Genoino escapou do seqüestro porque, quando se dirigia ao carro, lembrou ter esquecido uma escova de cabelo e voltou para apanhá-la. Foi quando as vítimas foram abordados pelos ladrões. Segundo o delegado Dejar Gomes Neto, três homens e um adolescente participaram do crime. Os criminosos foram filmados quando retiraram R$ 500,00 em um caixa eletrônico e quando compraram R$ 139,00 em fraldas em um supermercado. A câmara de um posto de gasolina também flagrou os acusados. ?Eles disseram que não sabiam que o carro era do Genoino?, afirmou o investigador Roberto Decome. Dois acusados ainda continuam soltos.

Agencia Estado,

27 Junho 2003 | 19h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.