Presos acusados de tentar fraudar cartão de crédito de Jereissati

As polícias do Ceará e de Pernambuco conseguiram desarticular nesta quinta-feira uma quadrilha que tentou fraudar o cartão de crédito do governador do Ceará, Tasso Jereissati (PSDB).No dia 16 deste mês, o pernambucano Antônio José Mendes Almeida ligou para a operadora do cartão de crédito, pedindo uma segunda via do cartão e solicitando mudança de endereço. A atendente percebeu que a ligação era procedente de Recife (PE), suspeitou que não fosse a voz do governador cearense e entrou em contato com Tasso.Ele autorizou que a operação fosse processada para que a polícia pegasse os autores da fraude. Com isso, foram acionadas as polícias do Ceará e de Pernambuco para capturar os fraudadores. Nesta quinta-feira, na entrega da segunda via do cartão do governador, em Recife, Antônio José Mendes foi preso em flagrante.Em Fortaleza, foram presos pelo delegado Jonatas Chagas Ferreira, titular da Delegacia de Defraudações, outros três acusados de participar da quadrilha: as irmãs cearenses Sheyla e Shirley Silva Cavalcante e o outro pernambucano, Johedel Ribeiro Azevedo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.