Presos angolanos acusados de tentar dar golpe em SP

Os angolanos Diamante Narciso Francisco dos Santos, de 24 anos, e Prince Bardwae, de 19 anos, que estavam ilegalmente no Brasil, foram presos em flagrante por tentativa de estelionato em São Vicente, no litoral sul de São Paulo. A título de estabelecer uma sociedade com dois aposentados daquela cidade, eles tentaram obter deles a quantia de R$ 10 mil. No entanto, as vítimas desconfiaram e chamaram a polícia.Para ludibriar os aposentados, os angolanos contaram que tinham vindo para o Brasil com muito dinheiro para começar uma nova vida e que pretendiam trabalhar em alguma atividade empresarial.Com o intuito de enganar a fiscalização nos aeroportos em Angola e no Brasil, eles mostraram cédulas que tiveram que ser pintadas de preto com uma tinta especial. Para provar que estavam falando a verdade, os golpistas pegaram algumas notas pintadas e passaram um produto especial, que removeu toda a tinta. Após a limpeza, foi possível verificar que se tratavam de notas de R$ 50.Após a demonstração, os estelionatários mostraram um pacote com outras supostas cédulas que ainda estavam com a tinta preta. Para tirá-la, falaram que precisavam de dinheiro para adquirir o produto usado na limpeza e pediram para isso a quantia de R$ 10 mil, dinheiro que também seria utilizado na formação de uma sociedade.Acreditando que tudo não passava de uma tentativa de golpe, os aposentados fingiram que entregarariam o numerário e combinaram o flagrante com a polícia, que acabou prendendo os angolanos. Com eles, foram apreendidos um pacote com as supostas notas pintadas de preto e uma garrafa com a substância química usada na sua limpeza. Por estarem irregularmente no País, os falsários serão deportados depois que cumprirem a pena aqui no Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.