Presos cedem comida e arrecadam donativos

Os detentos do Presídio Central de Porto Alegre decidiram passar um dia sem se alimentar e doar todos os produtos que seriam consumidos amanhã para as vítimas das enchentes em Santa Catarina. Segundo a direção do presídio, a decisão partiu dos presos. O jejum representará mais de uma tonelada e meia de alimentos como arroz, feijão, farinha de mandioca e milho. Já na Penitenciária Industrial de Joinville (SC), 270 detentos arrecadaram donativos. Eles doariam as marmitas do jantar aos flagelados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.