Presos em invasão de hotel no Rio serão levados para Rondônia, diz Tribunal de Justiça

Pedido de transferência foi feito pelo governador do Estado, Sérgio Cabral; uma mulher morreu durante o crime

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

23 de agosto de 2010 | 21h14

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) informou na noite de hoje que os presos suspeitos de invadir o Hotel Intercontinental, no sábado, na zona sul da cidade, serão transferidos para um presídio de segurança máxima em Porto Velho, em Rondônia. O pedido foi feito pelo governador Sérgio Cabral (PMDB) e a transferência será feita ainda nesta semana. 

Veja também:

Após invasão de hotel, reservas são canceladas

Mídia internacional se preocupa com Copa e Olimpíada

 

Atualmente, os presos estão no Complexo Penitenciário de Bangu, na zona oeste da capital fluminense. No sábado, um grupo de homens fortemente armados fez cerca de 35 reféns entre hóspedes e funcionários do hotel de luxo, em São Conrado. Uma mulher morreu atingida durante tiroteio entre policiais militares e os criminosos, antes da invasão ao hotel. Todos os reféns foram liberados ilesos.

Tudo o que sabemos sobre:
hotelrefénsRiotiroteiotransferência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.