Presos estelionatários que ofereciam empréstimos para idosos no Rio

Quadrilha oferecia empréstimos e pedia 10% do valor como garantia da devolução do dinheiro

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

12 de maio de 2011 | 17h01

SÃO PAULO - Três integrantes de uma quadrilha de estelionatários foram presos na manhã desta quinta-feira, 12, durante operação da Polícia Civil do Rio de Janeiro. Os presos lesaram pelo menos 15 vítimas, a maioria idosos, durante cerca de um ano de atuação. Mais uma pessoa é suspeita de participação na quadrilha.

A quadrilha oferecia empréstimos e pedia 10% do valor depositado como garantia da devolução do dinheiro. A quantia, porém, não era devolvida e uma taxa era cobrada caso as vítimas quisessem desistir do negócio. Ao todo, os criminosos acumularam mais de R$1 mil em uma conta bancária registrada no nome de uma das integrantes.

A prisão foi feita na casa dos suspeitos, no Morro do Juramento, na zona norte do Rio. A captura do trio foi possível a partir de dois registros realizados na delegacia de São Gonçalo e de anúncios da empresa de empréstimos Crédito Global em jornais locais. Eles responderão pelos crimes de estelionato e formação de quadrilha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.