Presos fazem reféns durante rebelião em Blumenau

PM afirma que motim já foi controlado e reféns libertados com ferimentos de arma branca

Solange Spigliatti, estadão.com.br

03 Outubro 2011 | 09h30

SÃO PAULO - Detentos do Presídio Regional de Blumenau, em Santa Catarina, mantiveram durante toda a madrugada desta segunda-feira, 3, cinco presos reféns durante uma rebelião. A Polícia Militar afirma que o motim já foi controlado.

Os presos começaram a rebelião por volta das 2h30 desta segunda-feira, ateando fogo em colchões. Cinco detentos foram mantidos reféns e liberados durante a manhã com ferimentos de armas brancas. Eles foram socorridos e encaminhados ao hospital da região.

Cerca de 80 policiais militares e do Batalhão de Operações Especiais (Bope) estão no local e contam com o apoio de um helicóptero, que sobrevoa o presídio.

De acordo com a PM, alguns presos estão repassando informações, através de celulares, de que duas pessoas teriam morrido, mas os corpos ainda não foram encontrados. O presídio abriga cerca de 800 pessoas e ainda não há informação sobre quantos teriam participado da rebelião.

Mais conteúdo sobre:
rebeliao motim santa catarina blumenau

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.