Presos fogem durante rebelião em cadeia de Guariba

Após quatro horas de rebelião e fugas, a situação na Cadeia de Guariba, na região de Ribeirão Preto, voltou à normalidade na madrugada desta quinta-feira, 16. Na noite de quarta, 29 presos conseguiram fugir depois que renderam o carcereiro Júlio César Lourenço no pátio. Outras fugas foram evitadas e o carcereiro e quatro detentos da ala do seguro foram feitos reféns pelos rebelados, que reclamaram da superlotação da cadeia e da demora dos processos na Justiça. Apenas um detento foi recapturado nesta quinta.Lourenço foi rendido por detentos da cela 2 quando entrou no pátio com uma garrafa plástica - a direção da unidade vai investigar o que ocorreu. Com a rendição do carcereiro, 29 dos 81 presos fugiram. A cadeia tem capacidade para 24 detentos. A fuga em massa não ocorreu porque um escrivão ouviu o barulho e alertou a Polícia Militar, que cercou o prédio. Apesar da rebelião, não houve feridos.Lourenço foi libertado e saiu do local abalado. Os outros reféns também saíram ilesos. A recontagem foi feita na manhã desta quinta e os danos na cadeia foram considerados pequenos. Os fugitivos, porém, levaram duas armas de fogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.