Presos fogem no Jacanã e Emerlino Matarazzo

Pelo menos cinco presos fugiram do 24º Distrito Policial, de Ermelino Matarazzo, na zona leste, e outros três conseguiram escapar do 73º Distrito Policial, do Jaçanã, zona norte de São Paulo, na madrugada deste domingo.Na zona leste, segundo a polícia, os presos de uma das cinco celas, abriram um buraco no teto da carceragem e, por meio de "terezas" (cordas feitas com lencóis entrelaçados) tiveram acesso ao pátio da delegacia, localizada na avenida São Miguel, nº 3551. Na dalegacia da zona norte, três detentos fugiram de uma das quatro celas através de um túnel cavado por eles mesmos e, sem dificuldade, saíram pela rua Paulo Lincoln do Vale Pontim, em frente ao Distrito Policial.Policiais militares dos 2.º e 5.º Batalhões, com o auxílio de agentes do Grupo de Operações Especiais (GOE), da Polícia Civil, realizaram buscas nas regiões próximas às delegacias. Os delegados Sérgio Luiz Gianuzzi e Aílton Jorge Donófrio, do Jacanã e Ermelino Matarazzo, respectivamente, ainda fazem a recontagem de presos das duas carceragens. Dos cinco fugitivos da zona leste, dois já haviam sido recapturados pela PM.Mais de 120 presos superlotam as celas do 73º Distrito Policial; o mesmo ocorre no 24º Distrito, onde 167 homens estão dividindo espaço, feito para abrigar, segundo as normas de segurança, apenas 40 presos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.