Presos fogem por túnel da Penitenciária de Pacaembu

Um preso morreu com um tiro no pescoço, disparado por agentes de muralhas durante a fuga na penitenciária de Pacaembu, nesta madrugada. Os presos escaparam por um túnel escavado em direção à muralha. Segundo a direção do presídio, até às 9h30 três detentos haviam sido recapturados em um canavial, próximo da penitenciária, onde estavam escondidos.A movimentação da PM é intensa na imediações da unidade. As fugas teriam ocorrido por volta das 5h30. Segundo o diretor do presídio, Hélio Reis Solda o número exato de fugitivos só será conhecido apenas após a contagem dos detentos, o que deve ser feito somente com o apoio da Tropa de Choque da PM."Há 1200 presos soltos no pátio", afirmou o diretor, ao relatar a grave situação do presídio que teve parte das instalações, como as portas de ferro das celas, destruída durante a rebelião no último final de semana. Os guardas de muralhas atiraram e, apesar de alvejar o que morreu, não impediram outras fugas. A PM estava no local, mas não há informações de terem disparado para conter os presos.Texto atualizado às 12h22, com novas informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.