Presos mantêm um refém em Campinas

Os presos da Cadeia Pública do São Bernardo, em Campinas, tomaram como refém um dos carcereiros no início da tarde de hoje. Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, os líderes do motim pertencem ao Primeiro Comando da Capital (PCC). Eles estariam reivindicando a transferência de alguns presos para outras cadeias do estado. Apesar de um dos funcionários estar sendo mantido como refém, a visita aos presos foi liberada. Os parentes continuam nos pátios internos da cadeia, que abriga 500 presos. A direção da penitenciária vai esperar o fim do horário de visitas para decidir que tipo de ações serão adotadas. A unidade está cercada por soldados da PM.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.