Presos menores acusados de atirar em menino de 8 anos

A polícia de Itu, a 98 quilômetros de São Paulo, deteve hoje os menores D.A.B., de 13 anos, e W.S.F., de 15, acusados de participação no assalto a uma locadora em que o garoto Wellington Rodrigues Soares da Silva, de 8 anos, foi baleado na cabeça. O crime aconteceu na noite de segunda-feira, no bairro São Judas Tadeu, próximo do centro da cidade. A locadora pertence ao pai de Wellington, que foi rendido pelos ladrões encapuzados. Um deles fez vários disparos com um revólver calibre 38. Uma das balas atingiu o menino. Wellington está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Itu. Os médicos informaram que seu estado era muito grave. Um exame de tomografia mostrou que o projétil causou perda de massa encefálica. O menor D.A.B., morador do mesmo bairro, é acusado de ter entrado na locadora com um cúmplice para observar o movimento. Ele deu o sinal para outros dois menores, encapuzados, realizarem o assalto. W.S.F. confessou que era um dos encapuzados, mas negou ter feito o disparo que atingiu o garoto. Segundo ele, o tiro foi dado pelo seu companheiro, também menor. A polícia já identificou o garoto, de 15 anos, mas ele ainda não foi localizado. O quarto participante do assalto também é menor. D.A .B. e W.S.F. foram encaminhados à Vara da Infância e da Juventude de Itu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.