Presos na Rocinha serão transferidos para Bangu I

Governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, quer transferência de 'Nem' para outro Estado

Solange Spigliatti, do estadão.com.br e Pedro Dantas, da sucursal do Rio de Janeiro,

10 Novembro 2011 | 10h02

SÃO PAULO - Os 15 presos durante operação na Favela da Rocinha, na zona sul do Rio, entre eles Antonio Francisco Bonfim Lopes, o "Nem", serão transferidos da Superintendência da Polícia Federal, na zona portuária do Rio, dentro de alguns minutos.

Um blindado do Batalhão de Choque da Polícia Militar, o 'caveirão', vai transportar os detidos para o Presídio de Bangu I. Eles serão escoltados por policiais com apoio de um helicóptero da PM, que sobrevoa a região.

O governador do Rio, Sergio Cabral, vai pedir ao Ministério da Justiça a transferência do traficante "Nem", apontado como chefe do tráfico de drogas na Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro, para outro estado. A informação foi dada durante entrevista do governador à rádio CBN, nesta quinta-feira, 10.

Mais conteúdo sobre:
rocinha presos nem caveirão blindado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.