Presos policiais acusados de ligação com contrabandista

Quatro policiais civis suspeitos de envolvimento com o contrabandista de cigarros Roberto Eleutério da Silva, o Lobão, tiveram a prisão temporária decretada hoje pela Justiça paulista.Os investigadores Jean Wagner Cabral e José Norberto dos Santos foram presos quando prestavam depoimento na Assembléia Paulista sobre a CPI da pirataria da Câmara Federal. A polícia está procurando agora o delegado Nicola Romanini e o investigador Ivan Raimundi Barbosa para cumprir o mandato de prisão.Lobão é acusado de ser o maior contrabandista de cigarros do Brasil, movimentando R$ 6 milhões por semana. Ele foi preso no último dia 3 de setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.