Presos policiais envolvidos em grupos de extermínio na BA

Foram presos ontem dois policiais militares acusados de envolvimento com o grupo de extermínio do município de Santo Antônio de Jesus, no interior da Bahia. A ordem de prisão foi dada pela da juíza da cidade, Rosemunda Carvalho. O sargento Gilson Pomponé e o soldado Luís dos Santos Reis estão detidos no quartel da Tropa de Choque da PM, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. Há três anos, o nome do sargento Pomponé é apontado como o chefe do grupo de extermínio que teria torturado e executado 42 pessoas na região. Em setembro deste ano, a relatora de Direitos Humanos da ONU, Asma Jahangir, visitou a cidade para ouvir as testemunhas. Dezenove dias depois, o borracheiro Gerson de Jesus Brito, que apontou o sargento como o assassino de seu irmão, foi executado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.