Presos por extorsão em nome da Eletropaulo

Funcionário de um empresa terceirizada da Eletropaulo, Luis Fernando da Fonseca, de 20 anos, e seus comparsas Alexandre da Silva, de 24, e Isaac Maria Júnior, de 22, foram presos na noite desta sexta-feira, quando tentavam extorquir dinheiro de um comerciante, de 50 anos, na zona norte, por causa de suposta irregularidade no relógio controlador do consumo de energia de sua empresa. O trio foi autuado em flagrante no 73º DP - Jaçanã, por tentativa de extorsão.O delito aconteceu no bairro do Jaçanã e a vítima é o proprietário de uma panificadora na avenida de mesmo nome. Alegando a irregularidade, depois deles próprios terem violado o lacre de segurança do relógio medidor, exigiram R$ 250 para não lavrar uma multa e cortar o fornecimento de energia do estabelecimento. A vítima recebeu uma falsa nota de averiguação, da qual tirou uma cópia xerográfica e entregou à polícia. Os criminosos combinaram de retornar mais tarde para apanhar o dinheiro. Ao chegarem, porém, foram surpreendidos por Pms da 4ª Cia do 5º BPMM.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.