Presos promovem rebelião em Suzano (SP)

Parte dos cerca de 1.300 homens que superlotam a carceragem - feita para 700 - do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Suzano, na Grande São Paulo, está rebelada desde à 1h da madrugada desta terça-feira, segundo informações de policiais militares da 1ª Companhia do 32º Batalhão. Oito veículos da PM fazem a segurança externa do CDP, localizado na Rua Soldado Edvaldo Tavares de Assunção, no Parque Maria Helena. A intenção dos policiais é evitar uma fuga em massa. Um dos funcionários do CDP estaria como refém dos detentos. A polícia ainda não confirmou se o refém seria um dos guardas que estavam na muralha ou um dos carcereiros.

Agencia Estado,

07 Fevereiro 2006 | 02h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.