Presos provisórios tentam garantir voto

SÃO PAULO 2

, O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2010 | 00h00

Detentos provisórios de São Paulo estão recorrendo à Justiça para garantir o direito ao voto nestas eleições. É que, embora o TSE tenha regulamentado a votação desses eleitores, o governo do Estado alegou que não pode garantir a segurança de todas unidades prisionais durante o pleito. Até agora, 47 presos provisórios já procuraram a Defensoria Pública, que está encaminhando os pedidos de liminar à Justiça Eleitoral. A Defensoria Pública vai entrar com mandados de segurança para garantir esse direito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.