Presos são transferidos de Presidente Bernardes

Setenta e seis presos foram transferidos temporariamente nesta terça-feira, 29, da Penitenciária de Segurança Máxima de Presidente Bernardes, no interior de São Paulo, para a Penitenciária "Dr. Paulo Luciano Campos" de Avaré.De acordo com informações da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) do Estado de São Paulo, os presos saíram de Presidente Bernardes por volta das 9 horas e chegaram em Avaré às 14 horas. Os 76 presos que foram transferidos continuarão a cumprir o Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) em Avaré, conforme a SAP. Os 59 presos que ficaram na unidade de Presidente Bernardes serão concentrados em um pavilhão para que o resto do prédio passe por uma reforma. As celas serão reforçadas, para aperfeiçoar a segurança da unidade, onde estão presos líderes e integrantes de facções criminosas, como Marcos Camacho, o Marcola, considerado líder do Primeiro Comando da Capital (PCC). Por medida de segurança, a SAP não divulgou os nomes dos presos transferidos, nem informou se Marcola está entre eles.Ampliada às 16h59

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.