Presos se rebelam em dois presídios em SP

Presos estão rebelados na cadeia masculina 3 do chamado Cadeião de Pinheiros, na Marginal do Pinheiros, na zona oeste. Segundo uma carcereira que pediu para não ser identificada, a rebelião começou por volta das 13h30 e há pelo menos dois mortos. Um dos helicóptero da Polícia Militar está sobrevoando o local e policiais informaram ter visto três corpos caídos no pátio. Nos pátios da cadeia há inscrições no chão e em lençóis onde se lê "PCC 1533", uma referência ao Primeiro Comando da Capital, facção criminosa que age dentro e fora dos presídios no Estado. Em um dos pátios há escrito, também, "paz, justiça e liberdade". Continua também a rebelião de presos no Centro de Detenção Provisória ? CDP do Belém. Segundo a secretaria de Administração Penitenciária, os presos estão mantendo oito pessoas como reféns: quatro agentes penitenciários, um delegado, um investigador de polícia, um escrivão e um advogado. Há um ano houve uma mega-rebelião em 29 unidades prisionais do estado de São Paulo, promovida pelo PCC e o CDP do Belém foi um dos locais envolvidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.