Presos se rebelam em Jundiaí

Os 369 presos da Cadeia Pública de Jundiaí se rebelaram hoje contra o "bonde" (transferência) de 13 detentos já condenados pela Justiça. Eles usaram como escudo 16 menores que convivem no mesmo presídio, em cela separada - porque a cidade não dispõe de unidade da Febem. Ameaçando matar colegas da cadeia, caso a Tropa de Choque entrasse no local, os presos só abandonaram o movimento quando conversaram com o juiz corregedor do município, Jefferson Barbin Torelli. Um dos presos, por telefone, contou que os detentos vêm sendo extorquidos dentro das cadeias. "Se eu for transferido para Atibaia, vou morrer", contou um preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.