Presos se rebelam em penitenciária de Salvador

Pelo menos 60 presos da Penitenciária Lemos Brito, a maior da Bahia, situada na periferia de Salvador, se rebelaram nesta manhã e tomaram dois agentes penitenciários, um cozinheiro e um ex-policial como reféns. A rebelião começou por volta das 6h30 e teria sido provocado por suposta insatisfação dos presos com a direção da penitenciária e o boato de que estaria sendo construída uma área de castigo. Até o final da manhã, nenhuma autoridade penal negociava com os rebelados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.