Presos se rebelam no Cadeião de Pinheiros

Os presos da unidade 3 Cadeião de Pinheiros, na zona Oeste de São Paulo, estão rebelados desde a madrugada desta segunda-feira, após uma tentativa frustrada de fuga. Eles atearam fogo em colchões no pátio do presídio e o Corpo de Bombeiros foi chamado como medida de prevenção. Os homens do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE) cercaram o presídio e negociam o fim da rebelião. Segundo imagens ao vivo da TV Record, eles se preparam para invadir o local. Ainda segundo a emissora, haveria um morto e quatro feridos no cadeião, mas a informação não foi confirmada pela Polícia Civil ou pela Secretaria de Segurança Pública, até o momento.Tentativa de fugaOs detentos teriam tentado fugir através de duas escadas fabricadas artesanalmente. Eles teriam apoiado as escadas na muralha dos fundos do presídio, mas a guarda da muralha atirou e não permitiu que eles escapassem. Algumas pessoas que estavam do lado de fora da cadeia para dar apoio à fuga teriam travado um tiroteio com os guardas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.