Presos suspeitos de integrar quadrilha de Andinho

Dois homens suspeitos de integrar a quadrilha do seqüestrador Wanderson Nilton de Paula Lima, o Andinho, foram presos ontem à noite, em Campinas, após perseguição policial na Favela Itatiaia, segundo a Rede Globo. Com os suspeitos foram encontrados dinheiro e duas armas, uma delas uma pistola 9 milímetros, mesmo calibre da arma usada para matar o prefeito de Campinas, Antônio da Costa Santos, o Toninho do PT, assassinado em setembro do ano passado. A arma do crime nunca foi encontrada pela polícia. A pistola apreendida será enviada para perícia para o Instituto de Criminalística (IC) de São Paulo. Andinho está detido desde fevereiro e foi indiciado como co-autor do assassinato de Toninho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.