Presos suspeitos de matar segurança do filho de Lula

A polícia prendeu na noite desta terça-feira pelo menos dois homens acusados de participar do assassinato do subtenente do Exército Alcir José Tomasi e tentar matar o cabo Nivaldo Ferreira dos Santos, seguranças do filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Sandro Luiz. Um dos criminosos já foi reconhecido por testemunhas. A polícia afirma também já ter uma confissão. A prisão ocorreu em Santo André e foi feita pelos investigadores do Departamento de Polícia Judiciária da Grande São Paulo (Demacro). O crime ocorreu em 18 de junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.