Divulgação/DRFV
Divulgação/DRFV

Presos tentam fugir de delegacia de Curitiba escondidos em sacos plásticos

Dois carcereiros terceirizados foram presos por envolvimento no caso e em uma fuga ocorrida no sábado

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

08 Agosto 2012 | 02h10

SÃO PAULO - Com o auxílio de dois carcereiros, que já eram investigados após uma fuga ocorrida no último sábado, 4, dois detentos tentaram escapar, nesta terça-feira, 7, da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DRFV) de Curitiba (PR), no bairro de Vila Izabel. A dupla estava escondida dentro de sacos plásticos com embalagens utilizadas no acondicionamento das refeições dos demais presos.

"Já estávamos de olho nos dois carcereiros desde a fuga de sábado quando uma das grades das celas foi serrada. Além disso estava entrando muita tranqueira nas celas, como serras, drogas, celulares etc. Eles são terceirizados, foram indiciados e serão presos. Agora estamos temporariamente sem carcereiro.", disse um dos policiais civis que atuam na DRFV da capital paranaense.

Os dois carcereiros foram identificados como Nery e Paulo. Os dois detentos flagrados dentro dos sacos plásticos são Sidney da Cruz, de 34 anos, e Carlos Eduardo Barbosa Pereira, 19, ambos detidos por roubo. Enrolados em cobertores, eles entraram nos sacos, misturados em meio às embalagens, e esperavam pela chegada dos dois agentes carcerários que, segundo os policiais, iriam levá-los para fora da unidade. Tudo já estava combinado.

Era meio-dia em ponto quando os investigadores se anteciparam e aproximaram-se dos sacos que, além de estarem com um peso incompatível com o material plástico, também se mexiam. Ao serem abertos revelaram os dois trapalhões que pretendiam escapar da delegacia. A carceragem da DRFV possui capacidade para 16 presos, porém abriga atualmente cerca de 140, mas o número já chegou a 180, segundo os policiais.

Fuga. Os dois carcereiros presos em flagrante nesta terça-feira durante a tentativa de fuga da DRFV, segundo os policiais, estariam envolvidos na fuga de três presos ocorrida no último sábado, quando escaparam da carceragem Leandro Fernandes, 19 anos, Valdemar Simões, 29 e Uillian Portes de Barros, 21 anos. O trio fugiu após serrar a grade de uma das celas e sair pela cozinha da delegacia. Os três ainda não foram localizados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.