Presos traficantes que faziam entrega em Vigário Geral

Policiais da Delegacia de Capturas Norte (DC-Norte) prenderam nesta manhã cinco integrantes de uma quadrilha que forneceria drogas para a favela Furquim Mendes, em Vigário Geral, na zona norte. Entre os presos, quatro são de São Paulo. Com o grupo, a polícia encontrou 200 quilos de maconha, no porta-malas de um carro. Na delegacia, os criminosos contaram que receberiam, cada um, R$ 500 pelo transporte do entorpecente. Todos foram autuados por tráfico de drogas e formação de quadrilha. A delegada Márcia Julião disse que Cleyton Almeida dos Santos, de 28 anos, Marcos Antônio Teixeira Magalhães, de 24, Vanuzia Cristina da Silva Andrade, 30, e Eliane Ribeiro, de 18 anos, chegaram ao Rio por volta de 6 horas. Eles seguiram direto para a casa de Claudia Regina Baptista dos Passos, de 37 anos, em Vigário Geral, onde todos foram presos. Segundo Márcia, uma denúncia anônima informou o paradeiro da quadrilha, que, no momento da prisão, esperava o pagamento. Santos e Magalhães já cumpriram pena por roubo. "A Claudia era o contato aqui no Rio. Os paulistas estavam só esperando pegar o dinheiro para ir embora. Todos sabiam que traziam droga e ninguém foi enganado", disse Márcia. Segundo ela, Santos, Magalhães, Vanuzia e Eliane vinham pela Via Dutra em um Chevette "limpando a estrada", ou seja, avisavam ao carro de trás - o Monza que escondia a maconha - se o caminho estava livre. O motorista do Monza, identificado apenas como João, conseguiu fugir.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.