PRF apreende maior carga de drogas do ano: 16 toneladas de maconha

Droga era transportada por um casal em meio à carga de soja; valor ultrapassa R$ 34 milhões

Redação - O Estado de S.Paulo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a maior apreensão em quantidade de droga do ano de 2022. Foram 16,1 toneladas de maconha apreendidas na madrugada deste sábado, 11, em Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul. O casal que transportava a droga - um homem de 29 anos e uma mulher de 41 anos - foi preso no km 30 da rodovia estadual MS-164 em um veículo com placa de São Paulo.

PRF apreende 16 toneladas de maconha, a maior carga de drogas desde o começo do ano Foto: PRF/MS

Segundo a PRF, o homem disse que transportava soja, mas deu respostas contraditórias às perguntas dos policiais e demonstrou um nervosismo exagerado com a abordagem policial. Após os policiais dizerem que realizariam vistoria no semirreboque, o condutor confessou que transportava produtos ilícitos junto à carga de soja.

Continua após a publicidade

O crimoso disse, ainda segundo a polícia, que receberia R$ 10 mil para levar a droga até Santos (SP). Já a mulher negou saber da existência da droga.

O valor da droga apreendida ultrapassa R$ 34 milhões. Ponta Porã fica na fronteira com Paraguai, a 316 quilômetros da capital de Mato Grosso do Sul, Campo Grande.

Encontrou algum erro? Entre em contato

PRF apreende maior carga de drogas do ano: 16 toneladas de maconha

Droga era transportada por um casal em meio à carga de soja; valor ultrapassa R$ 34 milhões

Redação - O Estado de S.Paulo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou a maior apreensão em quantidade de droga do ano de 2022. Foram 16,1 toneladas de maconha apreendidas na madrugada deste sábado, 11, em Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul. O casal que transportava a droga - um homem de 29 anos e uma mulher de 41 anos - foi preso no km 30 da rodovia estadual MS-164 em um veículo com placa de São Paulo.

PRF apreende 16 toneladas de maconha, a maior carga de drogas desde o começo do ano Foto: PRF/MS

Segundo a PRF, o homem disse que transportava soja, mas deu respostas contraditórias às perguntas dos policiais e demonstrou um nervosismo exagerado com a abordagem policial. Após os policiais dizerem que realizariam vistoria no semirreboque, o condutor confessou que transportava produtos ilícitos junto à carga de soja.

Continua após a publicidade

O crimoso disse, ainda segundo a polícia, que receberia R$ 10 mil para levar a droga até Santos (SP). Já a mulher negou saber da existência da droga.

O valor da droga apreendida ultrapassa R$ 34 milhões. Ponta Porã fica na fronteira com Paraguai, a 316 quilômetros da capital de Mato Grosso do Sul, Campo Grande.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Atualizamos nossa política de cookies

Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.