PRF registra 32 mortes em rodovias federais em SP, MG e BA

Apenas em Minas Gerais dezessete pessoas morreram e 241 ficaram feridas em acidentes ocorridos durante o feriado de Natal

estadão.com.br,

26 de dezembro de 2011 | 11h52

SÃO PAULO - Trinta e duas pessoas morreram e 342 ficaram feridas neste feriado de Natal em acidentes ocorridos nas rodovias federais dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Bahia, segundo dados parciais da Polícia Rodoviária Federal divulgados nesta segunda-feira, 26.

Em São Paulo,  quatro pessoas morreram. Entre a sexta-feira, 23, e a manhã desta segunda-feira, foram registrados 132 acidentes, que deixaram também outras 40 pessoas feridas. Nove pessoas foram detidas por embriaguez.

Segundo balanço do ano passado, entre os dias 24 e 26 de dezembro, três pessoas morreram e 64 ficaram feridas em 113 acidentes ocorridos no Estado. Onze pessoas foram presas por embriaguez no período.

Minas Gerais. Dezessete pessoas morreram e 241 pessoas ficaram feridas em acidentes ocorridos nas rodovias federais que passam pelo Estado de Minas.

Segundo boletim preliminar da PRF, entre a sexta-feira, 23, e o domingo, 25, ocorreram 292 acidentes, que deixaram 241 feridos e 17 mortos. No ano passado, entre os dias 24 e 26 de dezembro, foram registradas 15 mortes ocorridas em 402 acidentes. Outras 299 pessoas ficaram feridas.

Durante o feriado, foram realizados 988 testes do bafômetro entre os motoristas que utilizaram as rodovias. Entre eles, 24 foram autuados e 10 foram presos.

Bahia. Onze pessoas morreram em acidentes nas rodovias federais na Bahia, durante os três dias de feriado. Durante a Operação "Fim de Ano", que compreende os feriados de Natal e Ano Novo, ocorreram 121 acidentes, 61 feridos e 11 vítimas fatais em todo o Estado.

Entre os acidentes que ocorreram vítimas fatais, três foram atropelamentos a pedestres, três em acidentes com motocicletas, três em acidentes com saída de pista e dois em acidentes por colisão frontal.

Os principais motivos para essas fatalidades, foram, em geral, imprudências ao volante como excesso de velocidade, ultrapassagens indevidas e o uso de substâncias psicoestimulantes, incluindo o álcool, segundo a PRF.

Nestes três dias, a PRF fiscalizou 2.559 veículos e 942 pessoas, destas, 317 fizeram o teste com o etilômetro, 21 condutores flagrados por uso de bebida alcoólica foram autuados e 11 foram encaminhados à Delegacia de Polícia Judiciária.

Mais conteúdo sobre:
políciafederalacidentesnatal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.