Primeiro presídio federal será no Mato Grosso do Sul

A União não vai mais financiar a construção de delegacias de polícias com celas. O anúncio foi feito nesta quarta-feira pelo diretor do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Angelo Roncalli, durante encontro com secretários de Justiça estaduais. Na reunião, anunciou-se que o primeiro presídio federal será em Campo Grande (MS), e outros quatro estão planejados para Amazonas, Rio Grande do Sul, Brasília e um Estado do Nordeste.O governo quer acabar com a manutenção de presos provisórios em delegacias. "Não vamos mais financiar esses tipos de estabelecimentos que tenham xadrez", afirmou o diretor do Depen. ?As delegacias estão se tornando depósitos de presos."Os secretários souberam que o Executivo adotará critérios rigorosos para liberar recursos para o sistema penitenciário. Uma das idéias é construir presídios-padrão, cabendo à União a elaboração de projetos iguais. "Hoje temos penitenciárias construídas, mas que não funcionam, já que os projetos não estavam de acordo com o local onde foram instaladas", exemplificou Roncalli.O governo quer incentivar a construção de penitenciárias pequenas, que seriam usadas principalmente para abrigar detentos provisórios e evitar que eles fiquem em delegacias. Além disso, o governo federal incentivará os Estados a criarem novos cargos dentro do sistema penitenciário, como guardas para muralhas e guaritas e agentes para escoltar presos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.