Primeiro turno teve 3.402 urnas substituídas

No primeiro turno das eleições gerais em todo o Brasil foram substituídas 3.402 urnas eletrônicas que apresentaram problemas técnicos. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta segunda-feira o boletim final de votação, em que informa que o número de urnas trocadas corresponde a 0,94% do total de 361.431, ficando dentro da previsão inicial, que era de substituir até 1% das urnas. Em 108 seções eleitorais o voto teve de ser manual, utilizando cédula de papel. São Paulo liderou tanto em número de urnas substituídas (815), quanto no número de seções com votação manual (31). Nas eleições gerais de 2002, foram trocadas 5.719 urnas (1,41% do total) e em 652 seções foi usada célula de papel, no lugar do voto eletrônico. Em 2004, nas eleições municipais, 2.982 urnas foram substituídas (0,74%) e em 259 seções houve votação nominal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.