Primo do goleiro Bruno sai da prisão

Sérgio Rosa Sales poderá aguardar julgamento em liberdade pois não tem antecedentes criminais

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

11 Agosto 2011 | 19h37

SÃO PAULO - O primo do goleiro Bruno Fernandes, Sérgio Rosa Sales, foi solto do presídio Antônio Dutra Ladeira, em Minas Gerais, nesta quinta-feira, 11. Ele estava preso desde junho do ano passado, acusado de participação no desaparecimento de Eliza Samudio, ex-amante de Bruno.

Ontem, quarta-feira, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) decidiu que ele poderia aguardar o julgamento em liberdade. O relator do recurso impetrado pela defesa de Sérgio, desembargador Doorgal Andrada, e o revisor, Herbert Carneiro, votaram por sua liberdade. Eles alegaram que o réu não tem antecedentes criminais, cooperou com as investigações e não ameaça coagir testemunhas.

A Justiça manteve, porém, a decisão da juíza Marixa Rodrigues de levar os oito acusados de envolvimento no crime a júri popular.

Mais conteúdo sobre:
Bruno primo goleiro Eliza Samudi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.