Principais estradas de São Paulo têm tráfego intenso

O tráfego tornou-se intenso nas principais rodovias de São Paulo nesta quinta-feira, 5, véspera de feriado de Páscoa. Por volta das 20 horas, o fluxo de veículos era carregado nas rodovias Ayrton Senna, Fernão Dias, Régis Bittencourt, Tamoios e Rio-Santos (SP-55). Não foram registrados, no entanto, pontos de lentidão. Na Rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, o excesso de veículos resultava em três pontos de tráfego pesado: do quilômetro 228 ao 227, na pista marginal, região da capital; do quilômetro 219 ao 221, em Guarulhos; e do quilômetro 152 ao 156, em São José dos Campos. O primeiro, no sentido Rio e, os demais, no sentido São Paulo. Quem optava pela Castelo Branco deparava-se com morosidade do quilômetro 14 ao 15, no sentido interior. Na chegada a São Paulo, a Bandeirantes apresentava congestionamento entre os quilômetros 17 e 13. Havia lentidão também no Rodoanel Mário Covas entre os quilômetros 19 e 13,8, na pista externa, sentido da Rodovia Régis Bittencourt. Na Anhangüera e Raposo Tavares o movimento transcorria normalmente. Anchieta-Imigrantes O tráfego melhorou no sistema Anchieta-Imigrantes nas últimas horas, segundo a Ecovias. O único ponto de morosidade é entre os quilômetros 64 e 60 na Anchieta, na chegada a Santos, devido ao excesso de caminhões. O sistema opera com a Operação Descida - sete pistas para quem vai para a Baixada Santista e três para a Capital. Desde o início da contagem para o feriado, 109 mil veículos já trafegaram pelo sistema rumo ao litoral, sendo 4.779 deles na última hora. A concessionária prevê que de 250 a 350 mil veículos usem as vias no período.

Agencia Estado,

05 Abril 2007 | 20h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.