Príncipe Harry faz ‘city tour’ no Rio e vem a SP

Filho de Charles e Diana almoça em churrascaria e embarca em voo panorâmico até o Cristo

Bernardo Moura - especial para o Estado de S. Paulo,

09 Março 2012 | 22h52

RIO DE JANEIRO - O príncipe Harry, do Reino Unido, iniciou nesta sexta-feira, 9, a primeira visita ao Brasil. Ele desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, na zona norte do Rio, em um voo comercial vindo da Jamaica que chegou às 7h10. Dali, seguiu para o Hotel Windsor, no Leme, na zona sul, onde ficará hospedado até este sábado, 10.

Alguns veículos Range Rover identificados com a bandeira do Reino Unido e estacionados na frente do hotel despertaram a atenção dos curiosos, mas no início da manhã a movimentação na porta do estabelecimento ainda era pequena. Em férias no Rio, a engenheira química Ana Cristina Exterkoetter fez plantão para tentar tirar uma foto do príncipe. "Meu irmão viu a bandeirinha nos carros e me chamou para vir", disse Ana, que esperava ter a oportunidade de conversar com o príncipe.

Como seu único compromisso oficial era à noite, Harry aproveitou o dia ensolarado para passear pela cidade. No início da tarde, saiu sob reverências dos funcionários e cumprimentou timidamente as pessoas que aguardavam sua passagem pelo saguão. O filho mais novo do príncipe Charles e da princesa Diana seguiu para uma tradicional churrascaria em Botafogo, na zona sul, com vista para o Pão de Açúcar. O trajeto de 20 minutos da comitiva foi feito sem escolta de batedores. O príncipe almoçou em uma área reservada para 15 pessoas e o restaurante permaneceu aberto para o público.

Após o almoço, Harry foi até o heliponto da Lagoa Rodrigo de Freitas, também na zona sul, de onde partiu para um voo panorâmico pela cidade. Acompanhado por agentes da Polícia Federal, ele sobrevoou as Praias de Copacabana e Ipanema, além do Cristo Redentor. Embora seja piloto militar desde 2010, Harry não pilotou o helicóptero.

Ele retornou ao hotel às 17h50 para se preparar para seu primeiro compromisso oficial, no Morro da Urca, na zona sul, onde faria o lançamento da campanha Great, que tem o intuito de promover a Inglaterra e atrair parceiros comerciais, além de estreitar os laços entre Brasil e Reino Unido, às vésperas dos Jogos Olímpicos de 2012.

Favela. Hoje Harry participa de eventos esportivos no Aterro do Flamengo, na zona sul, e à tarde visita uma favela para conhecer projetos sociais. Por motivo de segurança, o Consulado britânico não divulga qual será a comunidade, mas deve ser o Complexo do Alemão, na zona norte. No início da noite, o príncipe seguirá para São Paulo. / Colaborou Heloisa Aruth Sturm.

Mais conteúdo sobre:
Harry

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.